29 de fevereiro de 2012

Aromaterapia

Tea Tree




por Kathi Keville - traduzido por HowStuffWorks Brasil
http://saude.hsw.uol.com.br/



Aromaterapia
Em sua primeira viagem à Austrália, o capitão Cook fez um chá de sabor forte com folhas de tea tree, e mais tarde as utilizou para fazer cerveja. Posteriormente, essas mesmas folhas, e depois seu óleo essencial, seriam utilizadas para purificar água. 

Soldados e marinheiros australianos usavam o óleo essencial como um agente curativo para múltiplos fins, durante a Segunda Guerra Mundial. Hoje, o tea tree é usado em aromaterapia e em outros preparados.
Mas foi apenas recentemente que as empresas fabricantes de óleo essencial começaram a alardear as propriedades curativas do produto. Artigos em jornais médicos destacam sua capacidade de curar infecções bucais e seu uso primário é em produtos para infecções de gengiva e feridas ulceradas, sabonetes germicidas e desodorantes.
Existem diversas variações de tea tree, entre as quais a mais áspera cajeput (M. cajuputii) e a niaouli (M. viridiflora) preferidas para tratar infecções virais como a herpes.

 Também existe um óleo de tea tree conhecido simplesmente como MQV (M. quinquenervia viridiflora). Ainda que seja mais caro, alguns aromaterapeutas preferem sua fragrância mais suave e doce.

Principais componentes do tea tree: 

terpineol (de 30 a 40%), cineol, pinene, cimene e outros

O aroma do tea tree

adstringente, acre, com toques de cânfora e um cheiro medicinal, o aroma se assemelha ao do eucalipto. O óleo de má qualidade tem cheiro de borracha queimada.

Propriedades terapêuticas do tea tree:

antiinflamatório, antiviral, antibacteriano, antifungos; destrói infecções parasitárias, encoraja a cura de ferimentos, limpa o congestionamento dos pulmões e vias respiratórias, estimula o sistema imunológico.

Usos do tea tree:

conhecido como "armarinho de remédios em uma garrafa", o tea tree é efetivo contra bactérias, fungos e vírus, e estimula o sistema imunológico.
 Use-o em compressas, pomadas, óleo de massagem e banhos para combater toda espécie de infecção, como herpes, herpes-zóster, catapora, candidíase, mal de casco, resfriados e problemas no aparelho urinário.
 Estudos demonstram que a presença de sangue e pus das infecções só reforça os poderes anti-sépticos do tea tree.
Ele cura feridas, protege a pele contra queimaduras de radioterapia para câncer e encoraja a regeneração de tecido cicatrizado. O tea tree também trata assaduras, acne, feridas e picadas de inseto.

 Acrescente apenas uma gota aos banhos de lavagem de fraldas e louças, para eliminar bactérias. É um dos óleos anti-sépticos com menos capacidade irritante, mas isso varia de acordo com a espécie. Por isso, algumas pessoas o consideram ligeiramente irritante.

SOBRE A AUTORA: Kathi Keville é diretora da Associação Herbal Americana e editora do boletim American Herb Association Quarterly. Escritora, fotógrafa, consultora e professora especializada em aromaterapia e ervas há mais de 25 anos, ela é autora de diversos livros, entre os quais Aromatherapy: The Complete Guide to the Healing Art e Pocket Guide to Aromatherapy, e publicou mais de 150 artigos em revistas como New Age Journal, The Herb Companion, e New Herbal Remedies.


De: 


Estudou Doutorado em Fisiologia Humana e Animal na instituição de ensino

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é sempre bem vinda!